A Viagem

A Viagem é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo entre 11 de abril a 21 de outubro de 1994, no seu horário das 19 horas, em 167 capítulos, substituindo Olho no Olho e sendo substituída por Quatro por Quatro. Foi a 50ª “novela das sete” exibida pela emissora. Escrita por Ivani Ribeiro, com colaboração de Solange Castro Neves, é contou com a direção de Wolf Maya, Ignácio Coqueiro e Maurício Farias, com direção geral e núcleo de Wolf Maya. É um remake da telenovela homônima transmitida entre 1975 e 1976 pela Rede Tupi. Contou com Christiane Torloni, Antônio Fagundes, Andréa Beltrão, Maurício Mattar, Guilherme Fontes, Miguel Falabella, Lucinha Lins, Laura Cardoso, Jonas Bloch, Thaís de Campos e Suzy Rêgo nos papéis centrais da trama.
Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
Pego em flagrante em uma tentativa de roubo, Alexandre Toledo, um jovem de classe média usuário de drogas e álcool, mata o funcionário da agência bancária que o surpreende e tenta fugir. Porém, seu irmão Raul e seu cunhado Teodoro (Téo) o entregam à polícia. Tem uma irmã chamada Diná, uma mulher bonita, charmosa e que tem muito ciúme de Téo, seu marido que é bem mais jovem que ela, com quem tem uma filha de 5/6 anos. Diná é quem faz tudo para defender Alexandre. Vai procurar o renomado advogado Otávio Jordão para que represente Alexandre, mas Otávio prontamente recusa a proposta uma vez que a vítima era seu grande amigo. Assim sendo, Alexandre é preso e condenado a 18 anos de reclusão, sofrendo muito. Na prisão acabou por cometer suicídio por envenenamento, não sem antes, jurar vingança contra os supostos responsáveis por sua condenação ou seja o irmão, o cunhado, e o advogado. Com o suicídio de Alexandre, o médico e amigo da família Dr. Alberto Rezende, adepto do espiritismo, põe-se a tentar ajudar a mãe dele, Dona Maroca, e a todos da família. Alberto é apaixonado por Diná,[3] mas depois volta suas atenções para Estela, irmã de Diná, Raul e Alexandre. Estela vive as voltas com a filha problemática Bia, que criou sozinha desde quando foi largada pelo marido. Porém, depois de anos de ausência, ele reaparece e passa a influenciar negativamente a filha contra a mãe. Do lado cômico da trama existe a pensão de Dona Cininha, onde vivem Tibério, um bondoso funcionário público amigo de Estela e que acredita ter um amigo imaginário; Adonay, um homem misterioso apelidado de “Mascarado”, que esconde seu rosto horrivelmente deformado num acidente na adolescência; e o folgado Agenor, pai da jovem Lisandra (Lisa). O Dr. Otávio, com quem Diná passa a viver uma relação de amor e ódio, culpando-o por tudo de ruim que aconteceu a seu irmão, é viúvo e pai de dois filhos: o jovem Otávio (Tato) e o garoto Eduardo (Dudu). Todavia, Alexandre, no vale dos suicidas, um lugar de dor e sofrimento para os que se matam, passa a atormentar a vida de todos, cumprindo o que prometera antes de morrer, como por exemplo deixando Tato drogado e alcoólatra, incentivando-o sem ele saber, para ele ir em prostíbulos e boates, além de bater em mulheres e no próprio irmão. Ele causa tudo isso para atingir Otávio. Ele também acaba estragando o casamento de Raul e Andreza influenciando negativamente a sogra de seu irmão, Dona Guiomar, antes uma mulher doce que se torna uma víbora por causa de Alexandre. E ainda torna Téo um marido muito violento com Diná. Seus principais alvos são o advogado, o irmão e o cunhado. Diná e Otávio acabam se apaixonando, bem como Téo e Lisa, ex-namorada de Alexandre. As únicas pessoas que se dão conta da malévola influência de Alexandre sobre os vivos são o Dr. Alberto e a mãe de Téo, Dona Josefa, ambos adeptos do Espiritismo, que tentam fazer algo através das sessões mediúnicas. Morre o advogado Otávio (num acidente de carro provocado por Alexandre) e, depois, morre também Diná (de um infarto fulminante após reencontrar sua sobrinha Beatriz, que estava desaparecida, pois era sua última missão aqui na Terra). Eles se reencontram num lugar chamado “Nosso Lar”, uma colônia espiritual de fato existente para alguns espíritas, onde os espíritos evoluem e aprendem lições de amor e paz. De lá, juntos, com seu amor capaz de superar todas as barreiras, os dois tentam reverter a influência diabólica de Alexandre, que está preso no “Vale dos Suicidas”, sobre os seus entes queridos na Terra. Farão Alexandre perdoar a todos, e ir para colônia “Nosso Lar”, para que Alexandre reencarne e se torne melhor, além de evoluir espiritualmente.
Saiba mais sobre a telenovela A Viagem