Amanhã é para Sempre de 14 a 18 de Maio de 2018

Segunda, 14 de Maio Capítulo 61

Fernanda exige a Vladimir que fale onde está Adriano, já que está segura de que sabe muito sobre ele. Fernanda vai ao escritório do pai e, antes de entrar, ouve quando ele diz a Bárbara que ela está acima de seus próprios filhos, que é verdade que sua filha é a menina dos seus olhos, mas nem a ela permitiria fazer ou dizer algo contra Bárbara e está disposto a desistir de seus filhos apenas para protegê-la. Bárbara finge estar emocionada enquanto Fernanda sai atordoada com o que acabara de ouvir. Erika diz a Fernanda toda a verdade sobre seu relacionamento com Franco, diz que ele a pagou para dizer que eles estão namorando e que ele mesmo lhe pediu que na festa que vai dar para celebrar a união entre a Power Milk e o Grupo Lactos, deixe-o anunciar um suposto casamento entre eles, mas nada disso é verdade. Fernanda está impressionada com o que sua amiga lhe diz. Fernanda descobre que Eduardo quer fazer-lhe ciúmes por meio do teatrinho montado com Erika, esta última pede a sua amiga que como colega de trabalho de Eduardo, a ajude a descobrir por quem ele está apaixonado. Fernanda se incomoda e não sabe o que dizer. Eduardo decide enfrentar a verdade e vai para o escritório de Artêmio Bravo, mas no caminho encontra a notícia de que estão se movendo para novos escritórios e de quem ele procura se foi, mas a secretária dá-lhe um cartão com o novo endereço, Eduardo recebe e se prepara para ir até lá, ao sair do escritório, a secretária liga para seu chefe e diz que tudo saiu como ele indicou. Fernanda segue a Vladimir no carro, porque ela tem certeza de que em algum momento ele vai se encontrar com Adriano, mas fica chocada quando percebe que com sua cunhada com quem ele se encontra. Priscila chega ao edifício onde Vladimir vive e entra sem perceber que é observada. Priscila sente uma forte dor na barriga e fica alarmada com o pensamento de que seu filho está em perigo, Vladimir não sabe o que fazer enquanto ela se inclina de dor. Eduardo entra no escritório onde supostamente está Artêmio Bravo e não encontra mais do que um envelope no chão com a mensagem que diz: ‘Para o enviado do Padre Bosco’, ele o pega e fica aterrorizado, pois não sabe o que há no envelope. Eduardo caminha até Fernanda com a nota que lhe deu na reunião e prepara-se para segui-la até seu escritório, mas ela prefere convidá-lo para um lugar mais calmo, longe de lá. Ele aceita o convite e vão na caminhonete de Fernanda. Camilo pede que Bárbara explique seu plano, ela responde que se trata de esperar para saber quem realmente é Franco Santoro porque tem certeza de que é outra pessoa e por isso vai fingir estar de acordo com tudo, Camilo duvida e fica sem palavras.

Terça, 15 de Maio Capítulo 62

Fernanda e Eduardo chegam a um pequeno bar, lá ela confessa que aprendeu que o amor não pode ser baseado na desconfiança e admite que o amor que existia entre ela e seu marido está em dúvida. Eduardo ouve atentamente e ela diz que tem a sensação de que poder abrir seu coração com ele, porque lhe inspirou confiança desde a primeira vez que o viu, ele não sabe o que dizer e fica impressionado com a revelação. Eduardo descobre que Fernanda começa a desconfiar de Bárbara porque confessa o que Adriano lhe contou sobre ela e o lembra de todo o estrago que a mulher lhe causou desde criança. Fernanda deixa claro para Eduardo que o casamento dela é sustentado por alguns papéis e nada mais, e pergunta se Bárbara lhe contou sobre outras contas que não as do Grupo Lactos, ele não sabe o que responder. Barbara volta a atormentar Liliana dizendo que ela será responsável pela morte de seu pai e que vai adorar quando seus irmãos gritarem na sua cara que ela é uma assassina, ela reage e grita que a assassina é ela, por isso leva uma bofetada e cai no chão. Barbara continua angustiando Lili e agora assegura que ela será a última da família a morrer, assim ficará ainda mais louca. Nesse momento Adolfina entra e fica surpresa ao ver Liliana no chão. Santiago está com Aurora e nesse momento tocam a porta, ela vai abri-la, mas antes verifica quem é e percebe que é Artêmio. Fernanda expõe a Eduardo duas opções sobre o que está acontecendo e diz-lhe que, se Barbara é inocente, seu casamento vai direto para o lixo, e se Adriano diz a verdade o futuro da família estará em perigo, Eduardo dá uma terceira opção argumentando que os dois podem ser culpados. Adriano condiciona a Priscila dizendo-lhe que, se ela não diz onde ele está, ele não vai dizer que ela está grávida de outro homem que não é seu marido, deixa-a cheia de raiva por ser encurralada. Fernanda exige a Eduardo que explique por que intromete Liliana em tudo o que está acontecendo e ele responde que isso é o que precisa averiguar, mas para isso precisa tirá-la da clínica, esta não se conforma com a resposta e lhe recrimina que talvez ele saiba alguma coisa e não queira dizê-lo, Eduardo responde que Liliana sabe quem é o inimigo. Santiago fala com Artêmio e diz a ele que Dominga morreu junto com sua sobrinha em um acidente, ele se surpreende e é muito afetado pela notícia. Eduardo conta a Fernanda porque sua irmã está trancada, limpa o choro dela e aos poucos se aproxima dela para beijá-la, com ternura ela responde ao beijo. Artêmio entra muito irritado na sala onde Bárbara está esperando por ele. Ele pergunta se ela trouxe o que ele pediu. Ela entrega a ele uma pasta e diz que ali está um acordo da união da Power Milk e o Grupo Lactos.

Quarta, 16 de Maio Capítulo 63

Artêmio ressalta que ele está preparando a ruína de Gonzalo Elizalde há quinze anos e agora, devido à intromissão de Franco Santoro, eles precisam repensar sua estratégia. Bárbara assegura que eles não devem deixar os Elizalde nas mãos de Santoro, então eles devem liquidá-lo. Artemio pede a Barbara para dar-lhe os despojos de Gonzalo Elizalde e o resto será dela, ela pergunta se ele também irá devolver sua liberdade, ele pergunta quando a perdeu, ela diz que no momento que o conheceu, além disso pergunta sobre Aurora, e ele diz que ela está morta. Priscila ameaça a Aníbal e diz que a criança em seu ventre vai nascer, e quando isso acontecer, ele terá de suportar a crueldade dela e de seu filho, porque ele vai te ensiná-lo a odiá-lo tanto que ele se tornará seu pior inimigo. Bárbara fica paralisada quando vê Aurora brincando com Santiago, ao mesmo tempo lembra-se que Artêmio tinha dito que ela havia morrido, sorri porque não foi assim e agora a tem por perto. Bárbara conversa por telefone com Artêmio e pergunta outra vez, se é verdade que Aurora morreu, ele responde que sim, e, diz que é o melhor que aconteceu, pois essa jovem era muito perigosa, desliga o telefone, e Bárbara afirma que ele nunca saberá que Aurora continua viva. Camilo volta a provocar Jacinto e este lhe pede explicações por que Bárbara se culpa pelo desaparecimento do carro do seu pai, ele fica mudo por sua ousadia. Bárbara diz para Camilo que Jacinto nunca havia tido coragem de desafia-lo, e que isso se deve a que ele está ligado a Franco Santoro. Camilo responde que Jacinto disse que o deixaria em paz se ele falasse porque ela se culpou pelo roubo do carro de Gonzalo, logo se dá conta que Bárbara tem razão ao pensar que Jacinto está por trás de Santoro. Eduardo diz ao padre Bosco que acredita saber como rastrear a Artêmio Bravo sem que ele saiba, mas para isso necessita sua benção. Ele assegura que, sempre e quando não faça mal a ninguém, tem sua benção e sempre a terá. Fernanda propõe que façam uma investigação para comprovar se é verdade ou não que Florzinha estava passando informação a Prolasa. Ao ficar sabendo, Vladimir assegura que ele nunca esteve de acordo em prejudica-la e agora não sabe como sairá desse problema. Eduardo diz a Graciela que lhe dê cem mil dólares pelo conteúdo do cofre. Esta abre sua bolsa e tira a ata de nascimento que contém o cofre e dá para Eduardo. Ele, tenso, recebe a carta e lentamente a desdobra e começa a lê-la, não dá confiança ao ver que se trata de Artêmio Bravo. O advogado pergunta a Gonzalo se está pensando em deixar seus filhos sem herança, ele assegura que o único que quer é proteger sua mulher. Ao advogado lhe preocupa que tome uma decisão que possa se arrepender.

Quinta, 17 de Maio Capítulo 64

Gonzalo destaca que o único pelo que se lamentaria é que chegasse a morrer deixando desamparada sua mulher, por isso decide deixar 75% dos seus bens a Bárbara e o resto para seus filhos. O advogado comenta que se ele levou em consideração que depois que assinar o testamento, se Bárbara quiser poderia deixar ele e seus filhos na rua. Gonzalo se mantém firme. Eduardo entrega para Fernanda uma certidão de nascimento. Ela pergunta porque é tão importante esse documento. Eduardo diz que é porque pertence a Artêmio Bravo e esse homem tem relação direta com tudo o que aconteceu com Liliana em todos esses anos. Fernanda pergunta a Eduardo se Lili sabe quem é Artêmio. Ele acredita que sim, mas por tê-la submetido a doses altas de medicamentos durante tantos anos, sua memória deve ter sofrido alterações severas que a impedem de lembrar, por isso é tão importante que iniciem sua reabilitação. Fernanda comenta que apoiará sua proposta e quer que tirem a Liliana da clínica o quanto antes. Fernanda quer saber o custo estimado dos gastos para ver como soluciona sem despertar suspeitas em sua casa. Eduardo destaca que tudo correrá por sua conta, pois ele tem uma dívida com Liliana. Fernanda pergunta o que ele deve para sua irmã. Ele a olha tenso. Bárbara pergunta a Macário se ele não pensa que vale a pena investir nessas terras. O homem se aproxima próximo ao precipício. Bárbara lhe dá um empurrão por trás, ele cai no barranco. Fernanda pergunta a Eduardo quando quer transferir Liliana, ele diz nessa mesma noite ele irá falar com o doutor Obregón para arrumar tudo. Eduardo pergunta a Fernanda em que idade ela conheceu o amor, ela responde que foi muito afortunada pois conheceu quando era criança. Ele questiona se o amor que conheceu quando era menina se parece a isto e lhe dá um beijo intenso. De longe, Bárbara os observa. Bárbara olha Fernanda e Eduardo com ódio e vai embora. Eles se separam, Eduardo pede perdão e diz que se deixou levar pelos seus impulsos. Fernanda diz que o que aconteceu não foi unicamente porque ele quis, pelo contrário, apenas aconteceu porque ela também quis. Bárbara digita um e-mail para Adriano onde lhe propõe negociar sua liberdade. Camilo entra na sala de Bárbara e exige explicações do que está acontecendo, ela responde que Fernanda e Franco tem um romance, esse é o perigo. Erika comenta a Fernanda que está procurando uma roupa para a batalha onde irá derrotar a louca que fez palpitar o coração de seu adorado Franco, Fernanda não faz nenhum comentário. Eduardo oferece um milhão de reais para o doutor Obregón caso lhe faça um favor, este se surpreende.

Sexta, 18 de Maio Capítulo 65

O doutor Obregón leva Eduardo em um quarto que parece estar abandonado, ele não entende o porquê. O doutor ilumina com uma lanterna uma caixa cheia de pó que indica Obregón. Eduardo não entende nada. Obregón mostra uma fita cassete que tirou da caixa, Eduardo não sabe do que se trata, o doutor indica que é algo que vale os dois milhões de reais que ele deve lhe dar. Eduardo o olha intrigado. Florzinha se dá conta que Vladimir toca o ventre de Priscila e se surpreende, pois está segura que estava se despedindo do bebê. Eduardo escuta a gravação que lhe deu Obregón, impactado, pergunta desde quando tem essa gravação em seu poder e quem mais sabe dela, o doutor diz que ninguém mais, e tem aproximadamente quinze anos, insiste em fechar o negócio. Eduardo o olha com repugnância. Eduardo encontra Fernanda e entrega a gravação que conseguiu. Fernanda se desconcerta, pois não sabe do que se trata, ao ouvir a gravação fica horrorizada. Liliana, adolescente, explica ao doutor Obregón que ela escutou quando Bárbara conversava por telefone e falava que sua babá Soledade já não era problema, pois havia feito que a despedissem, ao mesmo tempo em que a voz do homem ordenava que matasse sua mãe. Lili diz que quando viu sua mãe na cama, pensou que estava dormindo, mas não era assim, estava morta, então Bárbara entrou no quarto e começou a gritar que havia matado a sua mãe, e diz que não foi ela. O doutor Obregón pergunta quem foi, Liliana se rompe em lágrimas. Fernanda interrompe a gravação e pergunta de onde Franco tirou a gravação, ele a olha com compaixão e fica calado. Eduardo assegura a Fernanda que se decide continuar escutando a gravação, sua vida irá mudar, recomenda que pense muito bem. Ela o olha muito perturbada. Fernanda assegura estar pronta para escutar a gravação, nela Liliana acusa Bárbara de ter matado sua mãe, esta fica atônita. A gravação continua, e se escuta a voz de Liliana quando era adolescente dirigindo-se a alguém de sua família que pudesse escutar. Deixa claro que a gravação aconteceu cinco dias após sua mãe morrer. Ali assegura que seu pai faz tudo o que Bárbara diz, pois foi ela quem deu a ordem de prendê-la ali, além disso seus irmãos. Aníbal e Camilo também estão sob a influência dessa mulher. Descarta que Fernanda ou Santiago a ajudem, pois estão muito pequenos, assegura ter medo porque pressente que não vai sair dali em toda sua vida. A ordem é injetar-lhe todos os dias um remédio que prejudique sua saúde mental. Diz que cada vez que seu pai vai visitá-la, lhe dão remédios que fazem com sua língua fique enrolada e as palavras não saem. Argumenta ainda que no dia que fez a gravação, não teve nenhuma injeção, porque o doutor disse que queria gravar sua história e está segura que quando acabarem a gravação, será dopada de novo. Soluçando, Liliana suplica a sua família que acreditem que ela não matou sua mãe que quando fez a gravação não estava louca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *