As Aventuras de Poliana de 16 a 18 de Maio de 2018

Quarta, 16 de Maio Capítulo 01

Nos bastidores do teatro mambembe montado em frente à uma paróquia na cidade de Quixadá, no Ceará, Poliana conversa com sua mãe, Alice, e com o pai, Lorenzo, artistas que formam a Trupe Vagalume. A pequena passa o texto que sonha apresentar um dia ao lado dos pais no palco. Mais tarde, Lorenzo inicia a apresentação de uma história aonde abordará o jogo do contente. Alice se junta ao esposo e canta para ilustrar a história de esperança que encanta o público. A voz da mulher atrai a atenção de João, que acaba sentando ao lado de Poliana. Josefa, mãe do garoto, aparece e ele atravessa o palco correndo. Poliana segue o garoto. Nos bastidores, os dois se apresentam e ela conta que sua família está sempre em lugares diferentes com a trupe. Josefa logo aparece preocupada e leva o garoto embora para evitar que o marido dê uma surra em João. Poliana explica aos pais o motivo de ter atravessado o palco durante a apresentação. Alice sente um mal estar, mas diz que já está bem. Em casa, no sertão, Tião diz ao filho que ele não pode ficar parando para escutar música e por isso irá trabalhar dobrado. Alice, Lorenzo e Poliana estão na estrada no carro com o palco itinerante para se apresentarem em novos destinos. Um vendedor ambulante oferece para João e a mãe livros que está vendendo. O garoto fica empolgado e pergunta sobre o violão do homem. Mesmo com pouco dinheiro, o homem decide entregar o violão para o garoto. João tenta tocar no instrumento a canção que viu Lorenzo se apresentar no teatro. Tião vê o filho com o vilão, arranca o instrumento de forma rude e faz ameaças. Alice, Lorenzo e Poliana param em uma praia. Enquanto Poliana se diverte, Alice diz para Lorenzo como será se ela não poder ver a filha crescer. João pede à mãe para irem embora, só os dois, para São Paulo. Josefa diz que não pode deixar Tião de lado, mas que apoia a ida do filho atrás dos sonhos. Poliana estreia como atriz ao lado dos pais em uma grande apresentação. Lorenzo acorda a filha, que dorme no carro. A garota percebe que a apresentação foi apenas um sonho. Poliana conta sobre o sonho para o pai e diz que foi muito bom sentir a mão tão próxima. Lorenzo conta que também sente muita falta de Alice e lamenta que ela tenha falecido tão cedo. O artista pergunta para Poliana se ela gostaria de conhecer os tios, irmãos de Alice, em São Paulo, como sempre sonhou. Poliana fica feliz com a notícia. Lorenzo pede para a filha prometer jamais deixar de lado o jogo do contente que aprendeu com a mãe. Poliana diz que ama o pai e garante que sempre levará com ela esse jogo. Enquanto isso, no sertão, Josefa leva João com seu velho violão debaixo dos braços até a traseira de um caminhão pau de arara que o levará até São Paulo. A despedida entre mãe e filho é emocionante, mas cheia de esperança para que o filho realize seus sonhos. Em São Paulo, o mordomo Antônio avisa Luísa que a sobrinha dela está para chegar. Luísa manda que ele vá junto com a faxineira Nanci buscar a garota na rodoviária, pois ela não tem tempo para isso. Poliana fica encantada com o tamanho da mansão. Emocionada ao conhecer a tia, Poliana tenta abraçá-la, mas Luísa a impede. Rude e seca, Luísa leva Poliana até o pior quarto da mansão, que estava fechado, sujo e empoeirado. Poliana, mesmo assim, fica encantada com tudo. Luísa impõem regras rígidas para a garota, que responde com sorriso e gratidão. Nanci pergunta para a garota como ela consegue ver o lado positivo de tudo a todo tempo. Poliana conta que aprendeu com os pais ainda quando era muito pequenina a jogar o jogo do contente. Naquela época a garota havia ganho uma humilde boneca de pano de seus pais e questiona o fato da boneca não ter nem uma das pernas, Alice e Lorenzo ensinam Poliana a ver o que de incrível era ter essa boneca e a partir desse momento como se joga o jogo do contente. A garota pergunta para Luísa sobre seu outro tio, Durval. Luísa diz que o irmão mora longe, na China, e que não possui mais contato com ele. Em outro momento, Luísa diz para Antônio que não quer que Poliana saiba nada sobre Durval, as meninas e o passado da família. Na padaria “Ora Pães Pães”, Durval pede para a filha Lorena avisar a irmã, Raquel, que ele precisa de ajuda. Jeferson e Vinícius, funcionários de Durval, conversam sobre terem conseguido que o patrão deixe eles apresentarem seus sambas pela primeira vez no local. João chega na comunidade Bem-Te-Vi, em São Paulo. Com fome, o garoto entra na padaria. O menino pega uma baguete, morde e sai correndo. Marcelo diz que pagará pelo pão. Durval reconhece o amigo e diz que voltou de Portugal e que abriu essa padaria há pouco tempo. Em um terreno abandonado, João se senta para comer a baguete. Um cachorro começa a latir. O menino tenta dar um pedaço, mas o cachorro abocanha o pão inteiro e sai correndo, deixando João frustrado. Poliana encontra uma caixa cheia de fotografias e pergunta para Luísa se uma daquelas imagens é de seus avós. Luísa reclama de Poliana mexer nas coisas e proibi a garota de citar o nome do pai. Mirela conversa com a avó, Dona Branca, que faz chantagens emocionais com a neta. Nanci, que também é prima de Mirela, vai conversar com a avó e diz que está pensando em sair da cidade devido os estudos. No parque, Poliana faz carinho no cachorro de Sr. Pendleton e pergunta se ele sabe aonde fica o colégio Ruth Goulart, mesma escola que sua mãe lhe contou ter estudado quando pequena. Lorena e Mário ficam surpresos que Poliana conseguiu falar com o homem, que nunca conversa com ninguém. Após passar pela Avenida Paulista, Poliana chega ao colégio Ruth Goulart e vê várias crianças se apresentarem artisticamente. Filipa e Yasmin caçoam de Poliana ao dizer que para estudarem na escola ela precisa subir em cima do piano e dançar balé. Inocente, Poliana faz o que as meninas dizem e ao começar sua performance imagina como se estivesse em um lugar encantado. A professora de balé Débora chega no teatro e fica brava ao ver a menina em cima do piano. Os demais alunos fogem. Débora diz que Alice e Luísa, respectivamente sua mãe e tia, estudaram no colégio e por isso queria muito participar de uma audição para estudar lá. Débora revela que estudou com Luísa quando era criança e afirma que é muito difícil entrar no colégio. Anoitece e Poliana está perdida e triste em São Paulo até que escuta uma canção familiar. Ao seguir o som, se depara com João tocando violão. Os dois se reconhecem, mesmo após tanto tempo, e ficam felizes. João tenta ajudar Poliana. A menina diz que lembra apenas do nome do colégio que fica perto de sua casa. João conhece a região e lhe acompanha. No caminho, João conta que foi para São Paulo sozinho e que dorme na rua. Poliana ensina para João o que é e como jogar o jogo do contente. Luísa vai com seus empregados em busca de Poliana. Antônio alerta que a menina perguntou mais cedo sobre a escola Ruth Goulart e que acha que Poliana pode estar lá. João e Poliana chegam no colégio, onde está acontecendo uma apresentação da diretora Ruth para os alunos e professores da instituição.

Quinta, 17 de Maio Capítulo 02

Poliana pega o microfone sem ser anunciada e começa a falar a sua história e sonho de estudar ali para todos presentes no auditório. Luísa fica nervosa ao encontrar Poliana na escola. Grita com ela e a leva para casa. A garota percebe que esqueceu de perguntar o nome do amigo, João. Em casa, Luísa diz que é extremamente perigoso andar pelas ruas de São Paulo, que não é fácil cuidar da garota, mas é sua obrigação. Luísa dobra o salário de Nanci para ficar de olho em Poliana 24 horas por dia. Marcelo e Débora conversam em casa. O rapaz acredita na bondade de Poliana, enquanto Débora acha que a menina foi inconveniente ao invadir o evento da escola. João escolhe um lugar para passar a noite na rua. O garoto arruma alguns papelões para poder deitar. Enquanto dorme, um cachorro se aproxima e deita ao seu lado. Poliana lembra da canção que os pais cantavam para ela dormir, a música “Meu Anjinho”. No dia seguinte, Luísa diz para Poliana não irá estudar na escola Ruth Goulart. João percebe que o cachorro urinou nele. Enquanto isso, a influenciadora digital Filipa grava um vídeo para suas redes sociais. Verônica mima sua cachorra de estimação, enquanto o irmão, Guilherme, não colabora. O rapaz reclama para a irmã não expor a vida de todos na internet. Roger, pai da menina, conta para Guilherme que ele irá estudar na escola Ruth Goulart. O rapaz não gosta e quer estudar na escola pública. A família diz que ele possui um alto nível social e não pode estudar em escola pública. Já Mário conversa em sua casa com os pais, Sérgio e Joana. Luigi diz que o jogo de videogame que o irmão está testando não é muito bom. Sérgio e Joana escondem dos filhos que trabalham na empresa de games O11O. Mário e Lorena espiam a vizinhança para saber mais sobre o misterioso Sr. Pendlenton, do qual decidem chamar de “Sr. P”. Enquanto isso, Luigi grava algumas cenas para o curta-metragem que está fazendo. Mário descobre que os gêmeos da escola, Gael e Benício, serão seus novos vizinhos. Lorena fica enciumada. Yasmin, irmã dos gêmeos e filha de Claudia, fica irritada ao saber que será vizinha de Luigi. Luísa surta com Poliana após ver o que a garota fez com a decoração da casa, levando cores para os ambientes. “Sai daqui agora”, diz aos berros para Poliana. Dona Glória, vó de Guilherme, diz que não aceita Verônica no comitê laço azul feito para mulheres finas. Guilherme conta para Dona Glória como foi o período que morou na Nova Zelândia. Guilherme reencontra os amigos Jeferson e Vinícius na Padaria “Ora Pães Pães” e fica encantado por Raquel. João ajuda o cachorro que havia urinado nele durante a noite, pois o cão estava preso na rua após tentar comer feijão. Antônio revela para Nanci e Poliana que Luísa ficou fria com os anos após uma grande decepção amorosa. Marcelo diz que o sobrinho, Guilherme, deveria parar de esconder sua origem dos amigos ao trocar de roupa toda vez que sai de casa. Mirela cruza por acidente com Guilherme e mesmo sem saber o nome do garoto fica completamente encantada. Sérgio e Joana conversam no carro sobre precisarem esconder na empresa que são casados, pois a norma do local proíbe relacionamento entre funcionários. Roger conversa com Otto, dono misterioso da empresa O11O, do qual ninguém sabe a verdadeira identidade. O motoboy Waldisney dá em cima de Joana na empresa, que desconversa. Sérgio diz para ele não dar em cima da mulher. Roger diz que a empresa precisa apresentar novas ideias por pedido de Otto, caso contrário haverá demissões. Mirela revela para a amiga, Raquel, que conheceu um garoto que achou super charmoso e que precisa encontrar ele novamente, pois sempre sonhou em namorar alguém como ele. Raquel revela que também conheceu um menino interessante na padaria, amigo de Jeferson, que estará no show de samba durante a noite. Poliana conhece a rabugenta Dona Branca, avó de Nanci. Em outro momento, Nanci revela para Poliana que Branca não sabe que ela é empregada doméstica e isso é um segredo. João vê Poliana no parque e decide seguir ela. Luísa proíbe Poliana de se aproximar de Sr. Pendlenton. Poliana pensa que o homem pode ser o antigo amor da tia. Poliana e João se reencontram no jardim de casa e a menina diz ter uma ideia para ajudar o amigo. Poliana apresenta João para Luísa e diz que trouxe o amigo para morar com elas.

Sexta, 18 de Maio Capítulo 03

João almoça na casa de Luísa com Poliana e assusta a mulher com seus modos à mesa. Dona Branca faz drama com a demora de Mirela para voltar pra casa. Yasmin mente para Filipa, sua melhor amiga, ao dizer que se mudou para um luxuoso apartamento. Luísa diz para Poliana que ela não pode levar um menino de rua para dentro de casa. Poliana explica que ele veio sozinho do nordeste. Luísa enfatiza que não pode aceitar alguém assim em sua casa, ainda mais se ele tiver uma mãe e um pai. João escuta a conversa e vai embora nervoso. Gael, Benício e Luigi descobrem que o sótão de suas respectivas casas é o mesmo e decidem usar o local como um clube secreto só deles. Antônio tenta animar Poliana, que está preocupada com João. A menina percebe que estava esquecendo de jogar o Jogo do Contente e ensina Antônio como funciona o jogo. Enquanto isso, na casa de Jeferson, na comunidade, Gleyce tenta incentivar a filha, Kessya, a participar da audição que pode valer uma bolsa de estudos. Lindomar, pai de Vinícius, ensaia como vai falar com as crianças na escola. A mãe do garoto, Arlete, diz que ele precisa fazer o teste para tentar a bolsa no colégio. Durante a noite João entra pela janela do quarto de Poliana para falar com a amiga. A garota diz para João que mora com a tia pois seus pais morreram. Luísa vai no quarto de Poliana e João se esconde. A mulher diz que a menina não pode pegar qualquer garoto de rua e levar pra casa, pois podem pensar que ela sequestrou o menino da família. Roger entrega o seu cartão de crédito para que Verônica faça plásticas. Ciro chega em casa após um tempo de viagem e reencontra a família. Gleyce fica nervosa com a demora de Ciro. João conta para Poliana o motivo de ter ido para São Paulo. O menino conta as aventuras que passou até chegar aonde está. Poliana anda pela noite na casa e mostra para João, que fica encantado. Guilherme, Jeferson e Vinícius se apresentam pela primeira vez na padaria e fazem o aguardado show de samba. Mirela e Raquel descobrem estarem encantadas pelo mesmo garoto. Poliana encontra vídeos no computador de Luísa e continua a tentar descobrir quem é o grande amor do passado dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *