Tapas e Beijos

Tapas & Beijos é uma série de televisão brasileira que foi produzida e exibida pela Rede Globo, desde 5 de abril de 2011 até 15 de setembro de 2015. Teve autoria de Cláudio Paiva e redação final de Nilton Braga e Cláudio Lisboa, com a colaboração de Márcio Wilson, Péricles Barros, Adriana Chevalier, Denise Crispun, Cláudia Gomes, Júlia Spadaccini, Felipe Flexa e Luiza Yabrudi. A série teve direção de Daniela Braga e Clara Kutner, com direção geral e de núcleo de Mauricio Farias. Contava com Andréa Beltrão, Fernanda Torres, Vladimir Brichta, Fábio Assunção, Malu Rodrigues, Érico Brás, Natália Lage, Flávio Migliaccio, Orã Figueiredo, Kiko Mascarenhas, Daniel Boaventura, Otávio Müller e Fernanda de Freitas nos papéis principais.
Sinopse
Fátima (Fernanda Torres) e Sueli (Andréa Beltrão) são grandes amigas. Independentes e solteiras, as duas dividem um apartamento no Méier, bairro do subúrbio carioca, e trabalham em uma loja que aluga vestidos de noivas e artigos para cerimônias de casamento em Copacabana, a Djalma Noivas. Todos os dias, elas lidam com os sonhos de muitas mulheres e também esperam encontrar seus príncipes encantados, mas a tarefa não parece ser nada fácil. Afinal, a vida sentimental das duas é cercada de confusões. Sueli foi casada com Jurandir (Érico Brás), um típico malandro que evita ter trabalho em sua vida. O casamento durou dois meses, mas a relação não deu certo e os dois acabaram se separando. Jurandir ficou sumido por alguns anos, mas voltou para atormentar a vida sentimental da ex-mulher, que contava com Santo Antônio (Kiko Mascarenhas) em pessoa como conselheiro sentimental. Porém, Jurandir acabou virando garçom. A vendedora não quis saber do ex e só tinha olhos para Jorge (Fábio Assunção), dono da boate La Conga que chegou a Copacabana com muita simpatia e acabou encantando Sueli. O que Sueli não imaginava é que Jorge fosse pai de Bia (Malu Rodrigues), uma jovem rebelde e dominadora. Enquanto isso, Fátima precisa administrar um casamento com um homem esperto, o sedutor Armane (Vladimir Brichta). Dono de uma pequena importadora no bairro de Copacabana, ele se dedica a ela em um certo horário, fora do comercial. Ela era amante dele, quando o malandro era casado e prometia que, assim que os filhos ficassem grandes, ele se separaria da esposa e casaria com Fátima. Porém, a esposa descobriu o caso mais cedo que o esperado. Vizinho ao Djalma Noivas e à importadora de Armane, fica o restaurante de Seu Chalita (Flávio Migliaccio), o Rei do Beirute. O libanês é um viúvo de meia idade que quer se casar de qualquer forma. Também Djalma (Otávio Müller) e Flavinha (Fernanda de Freitas) parecem formar um casal estável. Apaixonados, os dois vivem um relacionamento um pouco confuso. Além de ser casada com o dono da Djalma Noivas, Flavinha é uma das funcionárias da loja e não dá mole para Fátima e Sueli. Após muitas indas e vindas, as amigas inseparáveis Fátima e Sueli se casam com seus respectivos amores, porém começam a perceber que suas relações já estão desgastadas. Sueli continua tendo como pedra no sapato a dançarina Lucilene (Natália Lage), que faz de tudo para destruir o casamento dela com Jorge, enquanto Fátima tem que aguentar o advogado da ex-mulher de Armane, Tavares (Kiko Mascarenhas), que vai tentar de todo jeito tirar tudo de Armane. Bia, filha de Jorge, acaba trazendo Jurandir, ex de Sueli, para dentro de seu apartamento, causando vários constrangimentos. Já Djalma e Flavinha continuam às turras na loja Djalma Noivas. E seu Chalita procura um noiva para se casar. Descobre-se que Flavinha era a dançarina de bota no Clube Sanduíche. Chalita se casa com Lucilene. Djalma perdoa Flavinha por ter escondido o segredo. Já Tijolo (Orã Figueiredo) e Tavares continuam causando confusões. Não aguentando mais, as amigas resolvem por um fim nos casamentos, e assim Fátima e Sueli tentam levar suas vidas adiante mas não conseguem, tendo recaídas com os maridos várias vezes. Na última temporada, após anos trabalhando na loja “Djalma Noivas”, Fátima e Sueli pedem demissão e abrem o seu próprio negócio: um brechó chique. Jorge, Bia e Jurandir tentam ajudar. Só que, com o novo estabelecimento funcionando exatamente onde foi a loja de Armane, a vizinhança ignora o brechó, achando que fizeram alguma coisa com o ex comerciante; pois Armane está há cinco meses sumido do bairro. Porém o malandro não está vivendo muito bem vendendo pau-de-selfie e outras bugigangas como sacoleiro e voltando a morar com a atual/ex-mulher, pelo menos até ele ser expulso de casa após ser pego a traindo com a vizinha. Djalma e Flavinha continuam no dilema sobre suas funcionárias e Djalma tentando controlar a loja de Sueli e Fátima.Tavares e PC brigam por causa de seus relacionamentos e suas profissões. Jurandir ainda continua a questionar Bia sobre ser pai do filho dela.
Saiba mais sobre a série Tapas e Beijos