0

Ribeirão do Tempo 12/04/2017 Capítulo 28

Diana se esconde por trás da mureta da varanda de uma casa. Nasinho fica furioso e diz ao amigo que o dia de Tião/Diana vai chegar. Arminda apresenta Querêncio a Eleonora. Os dois se olham com desconfiança. Eleonora pergunta a Querêncio se ele já fez algum curso e ele diz que não. Querêncio responde às perguntas da madame sem cerimônia. Aflita, Diana conta para Guilherme que quase foi pega por Nasinho. Flores explica a Zé Mário que Nicolau vai ser muito útil em seu plano, pois ele vai fazer o mal e, dessa forma, as pessoas vão perder a esperança na política. O professor fala que se destruir Ribeirão, vai ficar provado que é possível destruir a ordem do Brasil. Nicolau liga para Arminda e os dois combinam de jantar juntos. Joca tenta fazer um poema para Arminda. Marta conta para Léia que a Polícia Federal solicitou a transferência de Joca para um presídio em São Paulo. Léia fica revoltada. Carmem joga charme para Lincon, que percebe, mas se segura. Joca manda Léia procurar Ventania e depois o professor Flores. Querêncio diz a Alfredo que não vai fazer quadro nenhum para Madame Durrel, porque ela não vai dar valor. Eleonora diz a Arminda e a Teixeira que Querêncio não entende nada de pintura. Diana revela a Guilherme que está fugindo da polícia. Ela explica que fugiu de um lugar barra pesada e que se a polícia pegá-la vai mandá-la de volta para lá. Clorís liga para Flores e pergunta se pode lhe fazer uma visita. A pedido de Flores, Zé Mário vai dar uma volta na praça. Zé Mário assina o abaixo-assinado. Flores e Clorís tomam vinho e beijam-se. Eleonora fala para Arminda e Teixeira que Querêncio está contratado. Arminda liga para Filó e pede para avisar a Querêncio que ele foi contratado. Eleonora posa para Querêncio, que afirma que não vai usar referência de nenhum pintor. Em troca de grana, Sereno leva Nasinho até a barraca de Diana. Guilherme diz a Diana que não pode ficar longe dela. Os dois beijam-se e Nasinho, dois amigos e Sereno veem. Guilherme e Diana saem correndo. Guilherme enfrenta um dos amigos de Nasinho, que o segura, enquanto o outro amigo e o escrevente perseguem Diana. Bill ajuda Diana a se livrar dos dois, que acabam desistindo de correr atrás dela. Bill e Diana caminham pelo mato. Filomena confessa a Marisa que está pensando em ir embora de Ribeirão. Querêncio, pronto para começar a pintar, examina Eleonora. Ele manda a madame ficar quieta e começa a dar os primeiros traços. Nasinho diz a um dos seus amigos que vai descobrir quem é o pai de Guilherme e contar que o filho dele estava beijando outro menino. Bill e Diana chegam a uma caverna pequena. Nasinho fala para Guilherme que vai entregá-lo para os pais dele. Flores está deitado com Clorís em sua cama quando Léia toca a campanhia e ninguém atende. Ela liga para o professor, que não vê outra opção a não ser recebê-la. Léia conta a Flores que estão querendo transferir Joca para São Paulo. Querêncio sente dores na coluna por ficar muito tempo em pé e Eleonora diz que vai chamar um médico. Os dois acabam discutindo. Arminda conta a Bruno que vai colocar um anúncio no jornal sobre o projeto de apoio de valorização da cultura de Ribeirão. Sereno fala para Alfredo que Guilherme foi pego beijando outro menino. Nasinho conta a Ellen que pegou Guilherme beijando Tião/Diana. Ellen fica confusa e pede para Nasinho e o amigo dele irem embora. Diana desabafa com Bill, que nada fala. Guilherme diz aos pais que Nasinho está mentindo. Sílvio vai até o cartório conversar com Nasinho. O escrevente diz alguma gracinha e Sílvio parte para cima dele. Eleonora diz a Arminda que posar para Querêncio foi uma tortura. Nicolau e Arminda saem para jantar. Tito e Karina também. Zuleide conta para Carlos o boato que está rolando sobre Guilherme e Tião. Tito e Karina vão para o mesmo restaurante que Nicolau e Arminda. Tito e Nicolau se encaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *