0

Ribeirão do Tempo 18/04/2017 Capítulo 32

Diana fala para Arminda que está perdida e revela sua verdadeira identidade. Diana explica para a executiva a confusão com a história do beijo. Patrícia diz a Lincon que está se sentindo sozinha. Lincon fala que foi ela quem optou pela solidão. Lincon vê André conversando com Sônia de longe e pergunta ao filho quem é a moça. André diz que é uma chata reacionária. Diana revela a Arminda que vai contar que é menina para todo mundo para livrar a cara de Guilherme. Querêncio pede para madame Durrel fazer uma cara mais simpática. Diana acaba de contar sua história para Arminda, que promete ajudá-la. Diana liga para Guilherme e afirma que vai denunciar Nasinho à polícia. Karina conta para Zuleide que Nicolau ficou olhando para ela. Arminda pede para Bruno representá-la na reunião dos empreiteiros. Eleonora convida Querêncio para almoçar na casa dela, mas ele diz que não está acostumado com comida de rico. Ajuricaba sente-se honrado com a presença de Arminda na delegacia. Diana conta ao delegado que fugiu de casa porque se aborreceu com a tia com quem morava e que passou a ser vestir de menino por que o preconceito é menor. Querêncio almoça e bebe uns copos de cachaça no Já Era. Teixeira diz a Eleonora que, pela idade, Querêncio pode ser o filho perdido dela. Arminda se compromete a ficar com Diana até ela voltar a morar com a tia. Diana caminha pelo Centro Histórico de Ribeirão sem boné. Arminda fala para Diana que não tem nenhum interesse em Joca. Diana encontra Carlos, assume que é menina e pede para ele avisar Guilherme que ela vai embora de Ribeirão. Zé Mário diz a Flores que vai falar para os companheiros que ele precisa ser detido, pois se tornou um fascista disfarçado. Diana agradece Arminda pela ajuda. Querêncio pega no sono, enquanto Eleonora vai ao banheiro. Eleonora vê Querêncio dormindo no sofá e manda-o sair de lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *