Terra Nostra de 15 a 20 de Julho de 2019

Segunda, 15 de Julho Capítulo 118

Gumercindo visita Bartolo e Leonora, oferecendo trabalho na fazenda e morar na casa grande, eles aceitam e ficam muito felizes. Maria do Socorro e Rosana chegam das compras e encontram Tiziu e José Alceu em frente da sua casa. Francesco faz reunião com seus sócios que estão preocupados com a situação do país e com a possibilidade de fecharem as fábricas. Marco Antônio fica sabendo por Paola que Giuliana não irá mais para a fazenda e Francesco o aconselha a devolver a filha pra ela, mas ele se recusa. Gumercindo conta para Maria do Socorro da situação de Bartolo e Leonora no sítio deles e diz que eles irão pra fazenda. Giuliana se lamenta com Dolores por ter dias em casa e não ter a filha pra cuidar. Inês conta a Paola que a filha de Marco Antônio chorou a noite inteira por estar nascendo os dentinhos e está com dor de barriga. Gumercindo conta a Augusto que Bartolo estará trabalhando na fazenda e que Angélica virá morar com eles na cidade, Augusto se diz aliviado. Bartolo e Leonora chegam à fazenda e são recebidos por Matilde. Paola conta a Marco Antônio que comprou remédios para a menina, ele perguntou se foi por isso que chorava, ela diz que acha que por falta da mãe. Marco Antônio pede Paola devolva sua filha à Giuliana.

Terça, 16 de Julho Capítulo 119

Matteo diz para Giuliana que tem vontade de ser um anarquista e ela fica furiosa com a intenção dele. Amadeo conta para Hortência que as obras dos sobradinhos estão adiantadas. José Alceu comenta sobre Gumercindo, Naná se preocupa e Tiziu conta que viu Maria do Socorro e Rosana. Bartolo e Angélica conversam com os colonos para terem paciência com a situação do café. Marco Antônio parte para Manaus a pedido do pai, para pesquisar sobre a borracha. Paola leva Aninha para Giuliana e Dolores fica contente com a volta da menina. Angélica diz para Leonora que está se sentindo derrotada por não conseguir levantar as fazendas, Leonora a consola. Francesco fica sabendo por Paola que levou a neta para Giuliana e Anacleto diz que é uma a menos pra chorar, Francesco se irrita. Paola vai conversar com ele e Francesco diz que está cansado e preocupado. Então, Paola diz que venderia a fábrica de macarrão para lhe ajudar, Francesco fica contente com a atitude dela, mas diz que não precisa, que ele vai conseguir passar por essa crise. Gumercindo e Maria do Socorro estão preocupados com a crise, Gumercindo não acredita que Augusto consiga vender as fazendas. Maria do Socorro desconfia da proposta do genro de vender as fazendas e ajudar Gumercindo. Augusto chega e diz que contará a novidade para o sogro no outro dia.

Quarta, 17 de Julho Capítulo 120

Augusto está na cozinha e Florinda aparece, ele fica entusiasmado com sua presença. Amadeo diz a Hortência que quando terminar os sobradinhos possivelmente a crise já terá passado e eles conseguirão vender todos. Dolores e Amadeo discutem. Augusto conta a novidade para Gumercindo, que conseguiu vender as fazendas por um bom preço e que irá à fazenda para que Angélica assine as escrituras. Maria do Socorro aconselha Gumercindo ir junto, ele concorda. Janete fala com Francesco e fica sabendo que seu filho foi para Manaus. Janete pede um pouco do seu dinheiro e Francesco diz que por enquanto não tem como dar, pois os bancos estão quebrados. Paola fica desconfiada com a preocupação de Giuliana com Marco Antônio e diz que ela deveria voltar para ele. Angélica chega e conta para o pai sobre a insegurança e desconfiança dos colonos que trabalham na fazenda. Augusto diz que vendeu as fazendas e Angélica se irrita, mas quando fica sabendo que precisa de sua assinatura para vendê-las se recusa. Angélica discute com Augusto que se vender as fazendas, eles se separam. Gumercindo vai falar com ela e manda que assine os documentos e que continue casada. Angélica não gosta das ordens do pai e ele lhe diz que se não fizer isso, perderão até a fazenda onde mora.

Quinta, 18 de Julho Capítulo 121

Angélica viaja para São Paulo com Augusto e seu pai. No trem, Augusto comenta com o sogro a situação do Francesco Magliano, que não é nada boa. Angélica diz ao pai que vai assinar tudo o que seu marido mandar e será obediente a ele, como sua mãe sempre fora, porque mulher foi feita para isso. E diz que isso não vai acontecer com sua filha porque ela vai crescer em outros tempos. Francesco descobre que os sócios que ele tem nas fábricas não souberam conduzir o negócio e todos foram à falência, e, por consequência disso, esvaziaram os cofres de sua Casa Bancária. Todos querem retirar o dinheiro ao mesmo tempo. Francesco pede que tenham paciência, que ele vai conseguir pagar a todos, mas tem que esperar. Francesco resolve dispensar seus funcionários e fechar a Casa Bancária. Paola comenta com Giuliana na Fábrica que a situação está muito ruim e que não vai mais trazer sua filha com ela. E diz que Giuliana não vai mais poder trazer sua filha também, porque não vai ter mais ninguém para tomar conta dela. Matteo passa o dia todo a procura de emprego, mas não consegue nada. Chega triste na pensão, porque não conseguiu. Comenta com Antônio que está com vergonha porque está sendo sustentado por sua mulher. Francesco está arrasado e muito triste. Quer andar um pouco e dispensa Damião com o coche, e vai para casa caminhando. Chega em casa e conta a Paola o que aconteceu com ele e os sócios. Paola diz que pelo menos tem a Casa Bancária. Francesco diz que perdeu a Casa Bancária também, está arruinado que quer morrer. Paola diz que ele ainda tem o seu amor, que eles vão continuar juntos apesar de tudo.

Sexta, 19 de Julho Capítulo 122

Damião e Antenor começam a ficar preocupados com a falência de Francesco. Francesco vai até a casa de Gumercindo para esclarecer a história. Rosana fica revoltada e agride, com palavras, Francesco. Gumercindo conversa com a filha e diz que quando investiu seu dinheiro na Casa Bancária, sabia do risco que estava correndo. Paola conversa com o pai e pede a ele, que devido a situação de Francesco, que ele não incomode o marido com conversas fúteis e que não cobre o dinheiro que investiu na Casa Bancária. Não deu outra! Assim que Francesco chega em casa, Anacleto cobra o genro que se altera e discute com ele. Luiza conta a Antônia o que descobriu sobre Josué. Janete e Josué pensam em como recuperar o dinheiro de Janete. Bartolo e Leonora conversam sobre a decisão dos patrões e sobre a venda das outras fazendas. Bartolo diz que sente muito pelo patrão e que tem receio de que a situação piore e que Gumercindo tenha que vender a fazenda que herdou do pai. Giuliana fica com medo de Paola estar querendo lhe mandar embora e vai conversar com Hortência. Rosana conversa com Angélica e diz que sente muito pela separação dela e de Marco Antônio e que não imagina qual será a reação dele quando chegar a São Paulo e ver que o pai está praticamente falido. Francesco chora no ombro de Paola lamentando-se da falência e preocupado com a reação do filho, o qual sempre teve o pai como ídolo. Paola consola o marido.

Sábado, 20 de Julho Capítulo 123

Angélica assina o contrato de venda das fazendas do marido aos compradores alemães. Contrariada, ela consente na atitude de Augusto. Gumercindo compreende que a posição de Augusto é correta, e discute com Maria do Socorro sobre isso. Augusto, mais tarde, explica que o café colhido em suas fazendas entraram nos negócios. Gumercindo faz uma visita ao amigo Francesco para conversar sobre a crise. Francesco está consciente e dá uma esperança ao fazendeiro, dizendo que o dinheiro de Gumercindo ainda não está perdido. Josué vai à Casa de Francesco e argumenta, dizendo que o banco está fechado, e quer saber o que acontecerá com o dinheiro da mulher. Francesco pede apenas um prazo para que tudo volte ao normal, pois garante que reabrirá seu negócio. Enquanto isso, na casa de Janete, as empregadas comentam sobre o nome de Josué. Luiza confessa a Antônia que sente medo dele e acredita que exista algo por trás disso. Amadeo tenciona prejudicar Francesco, pois investira dinheiro ali, e se considera explorado na época em que fizera no sobrado para o banqueiro. Matteo é da mesma opinião, e o fato do empresário ser pai de Marco Antônio, contribui para que sustente essa opinião. Na fazenda de Angélica, os colonos fazem uma apresentação teatral. Quando Angélica e Augusto retornam, chamam por Bartolo e Leonora. Angélica conclui que devem estar na colônia, e Augusto os critica por estarem sempre cantando e dançando enquanto ele tem que correr atrás deles para pagar o que lhes é devido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *